Esta noite voltei a pegar no “Um prego no prato, no restaurante habitual, com um cimbalino tirado no tasco da esquina em frente“. Tenho noites assim… o sono não surge. Para relembrar o que já ficou contado, espreite aqui. Continuando… No início desta trama, definem-se os locais (entenda-se actividades) por onde os nossos personagens irão […]

Se apreciou o nosso post, sinta-se à vontade para subscrever o nosso Feed