web analytics
O tema dos organismos geneticamente modificados têm, nos últimos tempos, sido objecto de atenção por parte dos meios de comunicação social, muito devido à acção do “Movimento Verde Eufémia“, que levou à destruição parcial de um campo de milho transgénico na Herdade da Lameira, em Silves, no dia 17 de Agosto de 2007.

Vejam algumas notícias aqui, aqui e aqui.

Mais informações acerca dos transgénicos, visite, por exemplo: Transgénicos Fora!, Ciência Hoje, GreenPeace, Human Genome Project Information e ActionBioscience ou vejam o filme Genetically Modified Food – Panacea or Poison.

Já em 2003 este tema fazia parte das preocupações dos Técnicos de Saúde Ambiental. Foi no 4.º ano do curso de Saúde Ambiental da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa que Ana Paula Soares (Centro de Saúde de Santiago do Cacém), Ana Rita Henriques (Centro de Saúde da Lourinhã) e Sérgio Pintado (onde andas tu amigo??) desenvolveram um trabalho académico acerca deste assunto e que contemplou um filme sobre a rotulagem dos organismos geneticamente modificados e que a seguir vos apresento.

Apesar do meu nome lá constar, o meu papel limitou-se ao de realizador, editor de imagem e operador de câmera.

«Transgénicos são organismos que, mediante técnicas de engenharia genética, contenham material genético de outros organismos. A geração de transgénicos visa a obtenção de organismos com características novas ou melhoradas relativamente ao organismo original. Resultados na área de transgenia já são alcançados desde a década de 1970, na qual foi desenvolvida a técnica do DNA recombinante.
A manipulação genética recombina características de um ou mais organismos de uma forma que provavelmente não aconteceria na natureza. Por exemplo, podem ser combinados os DNAs de organismos que não se cruzariam por métodos naturais.»

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *