web analytics

Não aguento mais… vou dormir.

Este terá sido, porventura, um dos piores Prós e Contras de que me lembro ver.
Julgo que ainda assim, os que se viram melhor representados terão sido os…

Fátima Bonifácio fez-me lembrar Francisco Louçã no “famoso” debate a dois com Paulo Portas, em que a primeiro afirmou que o segundo, pelo facto de não ter filhos, não poderia sequer discutir a questão do aborto. Fátima Bonifácio… out!

Franscisco George (Director-Geral da Saúde) fez-me lembrar Francisco George. Igual a si próprio. Pronto… calhou-nos aquele senhor e das duas uma: ou se cala, ou se cala. Como diria alguém, algures: “quem está mal muda-se”. Senhor doutor… não me tente… Franscisco George… out!
Constantino Sakellarides (Director da Escola Nacional de Saúde Pública e Presidente da Associação Portuguesa de Promoção para a Saúde Pública) não tem culpa. A sua ascendência Grega prega-lhe destas partidas. Ninguém o percebe. Eu percebo e ainda me lembro. Aliás, jamais esquecerei que em tempos, e em determinada ocasião, se tornou célebre pela expressão “croquetes e retretes”… Constantino Sakellarides… out!

Sá Fernandes terá sido, porventura, o mais sóbrio de todos. Desta vez o cachimbo na “chinesa” deve ter ficado no camarim. Ainda assim algo de estranho se passava com o senhor… “mas diga-me um número… diga-me uma medida”, pedia ele a Franscisco George. Do outro lado, o Xico – como é conhecido – fazia alusão a um diploma legal que o outro dizia ainda não estar em vigor. Trinta minutos depois, quando o assunto já havia mudado e tudo parecia (nada) esclarecido, alguém gritava… “mas diga-me um número… diga-me uma medida”. Sá… arranja-me uma dose dessa coisa pá!… Sá Fernandes… out!

Não meio da confusão ainda deu para ouvir o Secretário-Geral da ARESP dizer que os delegados de saúde se sentiam incomodados por terem perdido a competência de fiscalização dos estabelecimentos de restauração e bebidas para a ASAE.

Desisto!… Vou desligar a televisão. Amanhã lerei, num qualquer blogue ou qualquer outro meio sensacionalista de comunicação social que nada ficou esclarecido.

Até amanhã.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *