Saúde Ambiental... ESTeSL

Saúde Ambiental. Salud Ambiental. Environmental Health. Santé Environnementale.
Blogue da Área Científica e do Curso de Saúde Ambiental da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL)
Todas as opiniões aqui expressas são da exclusiva responsabilidade dos seus autores.

2 Comentários

cristina  santos MonsterID Icon cristina santos Disse,
June 9th, 2008 @16:49  

Estou a acabar a licenciatura em Leiria, já sou enfermeira Há v+arios anos, e só tenho pena de não falar castelhano, senão ia ontem!Pois estou sem emprego neste momento!

Manteigas MonsterID Icon Manteigas Disse,
June 9th, 2008 @22:58  

Olá Cristina.
Pois… esse é um problema que assola cada vez mais os profissionais de saúde de uma forma geral e os de enfermagem e de diagnóstico e terapêutica em particular.
Não sendo enfermeiro e, consequentemente, desconhecendo em pormenor os vossos problemas, parece-me que muita coisa se resolveria se se acabasse com o duplo emprego. Sempre conheci enfermeiros que além de trabalharem numa determinada unidade de saúde do SNS ainda asseguravam mais umas horas aqui ou acolá. Às vezes acumulando em unidades do próprio SNS.
Este é um problema que assola algumas das áreas profissionais da carreira técnica de diagnóstico e terapêutica. Um caso pragmático é, por exemplo, o dos técnicos de radiologia, que acumulam, regra geral, em unidades privadas de radio-diagnóstico. Este foi apenas um exemplo.
Além disso, ainda falta saber se quem acumula funções (público/público ou público/privado) tem autorização para o fazer.

Em relação à enfermagem há ainda outra coisa estranha. Refiro-me ao facto da demanda de enfermeiros espanhóis para Portugal. Tens explicação para isto?

Posts Relacionados

Por favor, deixe o seu comentário...

Atenção! Todos os comentários serão moderados