web analytics

Esta mensagem é especialmente dirigida aos nossos leitores do Brasil, que nos visitam do Ceará.

Foi no site do Governo do Estado do Ceará que encontrei a alusão à Especialização em Vigilância em Saúde Ambiental, cujo período de inscrições teve início há dois dias e que se prolongará até ao próximo dia 8 de Maio.

A Coordenadoria de Pós-graduação em Vigilância da Saúde da Escola de Saúde Pública do Ceará, em parceria com a Coordenadoria de Promoção da Saúde, da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), abre inscrições de 20 de abril a 08 de maio de 2009 para o Curso de Especialização em Vigilância em Saúde Ambiental. O curso, que tem 40 vagas, é direcionado a profissionais de nível superior, que exerçam funções de coordenação ou técnica, na área de vigilância em saúde ambiental, nos municípios, Coordenadorias Regionais de Saúde e Secretaria da Saúde do Ceará.

Ao final da especialização, os participantes devem estar aptos a: detectar ou prevenir qualquer mudança nos fatores determinantes e condicionantes do meio ambiente que interfiram na saúde humana; recomendar e adotar medidas de prevenção e controle das situações de risco ambientais; coordenar e executar ações de Vigilância em Saúde Ambiental relacionadas à qualidade da água, populações expostas a solos contaminados, poluição do ar, produtos químicos e desastres naturais. “Pretendemos oferecer ferramentas para que esses profissionais possam estruturar ou melhorar os serviços de vigilância ambiental nos municípios em que atuam”, explica Edenilo Barreira, um dos coordenadores do curso.

Escola de Saúde Pública do Ceará

Esta é uma formação aparentemente interessante e que era capaz de ter sucesso em Portugal. Pretende-se desenvolver nos formandos, conhecimentos, atitudes e capacidades para a estruturação, gestão e operacionalização de acções de Vigilância em Saúde Ambiental. No final das 360 horas de especialização, os participantes devem estar aptos a:

  • Detectar ou prevenir qualquer mudança nos factores determinantes e condicionantes do meio ambiente que interfiram na saúde humana;
  • Recomendar e adoptar medidas de prevenção e controlo das situações de riscos ambientais capazes de provocar danos à saúde humana;
  • Analisar o conceito de Vigilância à Saúde discutindo as interfaces entre as Vigilâncias Ambiental, Epidemiológica e Sanitária;
  • Compreender o processo de planeamento visando a eficiência, eficácia e efectividade no desenvolvimento das acções de Vigilância em Saúde Ambiental;
  • Compreender a importância da intersectorialidade no desenvolvimento das acções de Vigilância em Saúde Ambiental de modo a assegurar a promoção da saúde e o atendimento das necessidades da população humana;
  • Coordenar e executar as acções de Vigilância em Saúde Ambiental relacionadas com a exposição humana a: água para consumo, ar, solo, contaminantes ambientais e substâncias químicas, desastres de origem natural e antropogênica e acidentes com produtos perigosos, factores físicos e ambientes de trabalho.

Para mais informações consulte o edital ( ficha de inscriçãocurriculo padronizado) ou visite o site da Escola de Saúde Pública do Ceará.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *