O texto que a seguir vos deixo foi retirado do sítio da Associação Portuguesa de Toxicologia (AP Tox), uma associação que a partir deste momento passará a constar na lista de hiperligações de Saúde Pública/Saúde Ambiental, primeira coluna à direita.

AP Tox - Associação Portuguesa de Toxicologia

A Associação Portuguesa de Toxicologia é uma instituição sem fins lucrativos que tem como objectivos dinamizar e desenvolver as áreas da toxicologia, saúde ambiental e saúde ocupacional.

A AP Tox foi constituída em 2009 em resposta à necessidade de criar um espaço de discussão e intercâmbio de conhecimentos entre profissionais das áreas da toxicologia, saúde ambiental e saúde ocupacional em Portugal. Para fortalecer esta integração, a AP Tox apoia as relações interprofissionais e a criação de “networks” e parcerias com outras organizações.

Ser membro da AP Tox está aberto a todas as individualidades com verdadeiro interesse na toxicologia, saúde ambiental e saúde ocupacional. Os nossos associados são da indústria, académicos, consultores e organizações governamentais.
A Associação Portuguesa de Toxicologia pretende manter os seus associados bem informados e para isso divulga informação relevante através de canais apropriados e organiza regularmente encontros (workshops) temáticos. A AP Tox  tem também como missão realizar actividades que sensibilizem a compreensão do público relativamente à toxicologia e avaliação de risco para a saúde humana e ambiente e que apresenta como objectivos:
  • Contribuir para desenvolver as ciências de toxicologia, saúde ambiental e saúde ocupacional;
  • Promover um fórum permanente para troca de informação, conhecimento e experiências entre as pessoas envolvidas nas áreas de toxicologia, saúde ambiental e saúde ocupacional;
  • Contribuir para fundamentar e elaborar regulamentação, nomeadamente através de estudos e pareceres, nas áreas de toxicologia, saúde ambiental e saúde ocupacional;
  • Proporcionar oportunidades de formação em toxicologia, saúde ambiental e saúde ocupacional;
  • Desenvolver actividades de sensibilização e divulgação de informação em toxicologia, saúde ambiental e saúde ocupacional;
  • Promover e desenvolver actividades de investigação e desenvolvimento (I&D) nas áreas de toxicologia e complementares;
  • Estabelecer parcerias com associações de áreas cientificas afins, a nível nacional e internacional;
  • Promover as condições necessárias para patrocinar ou, de alguma forma, apoiar actividades que visem o desenvolvimento das áreas de toxicologia, saúde ambiental e saúde ocupacional;
  • Desenvolver as acções necessárias em ordem a elevar a área de toxicologia ao estatuto de organização profissional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *