web analytics

De acordo com o Correio da Manhã, citado pelo Jornal de Negócio Online, a Inspecção Geral de Finanças iniciou ontem, dia 11 de Janeiro, auditoria a 14 organismos públicos. O objectivo é detectar as ilegalidades que estarão associadas aos prémios de desempenho e às promoções atribuídos a mais de 100 altos quadros da Função Pública. Até aqui “nada de novo”…

A “novidade” deve-se ao facto de uma das 14 entidades públicas visadas pela investigação ser a Escola Nacional de Saúde Pública. A Escola Nacional de Saúde Pública é apenas uma das entidades citadas, porque na verdade esta é uma “ilegalidade” recorrente na administração pública e é, na minha opinião, o reflexo da falácia do SIADAP e de outro qualquer sistema de avaliação de desempenho (confesso que estou a exagerar). Se uns se esforçam de maneira a garantir uma avaliação condigna (e nem sempre o conseguem), outros há que…

Sabem do que estou estou a falar?… Conhecem  alguma situação?… Eu conheço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *