web analytics

De acordo com a notícia veiculada pela RTP/RDP Açores, existe a possibilidade da Escola Superior de Enfermagem da Universidade dos Açores, vir a oferecer uma licenciatura em Saúde Ambiental. Esta é, pelo menos, uma possibilidade a considerar, diz Norberto Messias, enfermeiro e director da Escola Superior de Enfermagem de Angra do Heroísmo, a propósito da divulgação do Congresso Internacional das Ciências e Tecnologias da Saúde que se vai realizar entre os dias 29 de Abril e 1 de Maio de 2010, na Ilha Terceira.

«As tecnologias da Saúde vão estão em discussão, mais propriamente, na ilha Terceira, entre os dias 29 de Abril e 1 de Maio – pretende-se abrir um espaço, onde se possam discutir as ciências e as tecnologias da Saúde, aliando-as à cooperação e desenvolvimento da Macaronésia: Açores, Madeira, Canárias e Cabo-Verde.

Trata-se, ao fim e ao cabo, do finalizar de uma formação de 80 técnicos em diagnóstico e terapêuticas, numa parceria com a Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa.

O Congresso, organizado pela Universidade dos Açores, mais propriamente, pela Escola Superior de Enfermagem de Angra do Heroísmo e pelo Instituto Politécnico de Lisboa, extende-se, agora, a todos os profissionais interessados e, neste aspecto, conta com a presença de 400 profissionais.

Segundo Norberto Messias, enfermeiro e director da Escola Superior de Enfermagem de Angra do Heroísmo, “pretende-se, ainda, compreeender que conjunto de recursos a Região Autónoma tem de dispôr para levar a cabo parcerias com países como Cabo-Verde”.

Nesse sentido, o director da Escola vai moderar o painel “Internacionalização e Mobilidade – Cooperação e Parcerias em Ciências da Tecnologia da Saúde”.

Está também a ser discutida a possibilidade de trazer para a Escola Superior de Enfermagem cursos na área das tecnologias da Saúde e Saúde Ambiental, realizando-se ainda investigações na área das tecnologias para a cicatrização.

De referir que, com as Canárias e com a Madeira, encontra-se já implementada a parceria para a pesquisa no campo das úlceras por pressão.»

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *