web analytics

A Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL) é uma instituição pública de ensino superior, que tem como missão a excelência do ensino, da investigação e

da prestação de serviços, no âmbito das ciências da saúde.

Com mais de 30 anos de história, a ESTeSL apresenta um conceito de Escola diferenciador, assente numa visão e abordagem multidisciplinar da saúde, do seu ensino e investigação, e firmando os seus pilares na promoção dos valores da ética e da cidadania.

A Saúde Ambiental, enquanto curso na ESTeSL, tem uma história recente (21 anos) e o seu corpo docente é ainda jovem mas com provas dadas a nível nacional e internacional, fruto daquele que tem vindo a ser o seu empenho, tanto a nível pedagógico como científico, alicerçado, não raras vezes, na prestação de serviços à comunidade e onde o envolvimento dos estudantes tem vindo a ser reforçado.

É nesse sentido que a partir de hoje criamos uma “nova” rubrica dedicada exclusivamente à produção científica para a qual tem vindo a contribuir o corpo docente da área científica de Saúde Ambiental da ESTeSL.

É aqui que iremos fazer alusão às inúmeras publicações em periódicos nacionais e internacionais com factor de impacto relevante, às comunicações orais ou em posteres em eventos de cariz científico, à autoria e co-autoria de livros ou capítulos de livros, alguns até já referidos em ocasiões anteriores (ver Exposição a fungos dos trabalhadores dos ginásios com piscina, Estudo da Exposição Profissional a Formaldeído em Laboratórios Hospitalares de Anatomia Patológica e Genotoxic Effects of Exposure to Formaldehyde in Two Different Occupational Settings), assim como as demais evidências daquela que tem vindo a ser, e será, a produção científica do nosso corpo docente e que poderá vir a ser encontrada na categoria INVESTIGAÇÃO.

A todos os nossos leitores, desejamos uma excelente e profícua investigação e produção científica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *