web analytics

Segundo a Organização das Nações Unidas, um total de 2,4 milhões de pessoas em todo o mundo foram vítimas de Tráfico Humano pelo menos uma vez. O Tráfico de Seres Humanos configura uma das maiores ofensas aos Direitos Humanos, sendo uma forma de escravidão alicerçada em lógicas de exploração sexual e laboral, associada a fenómenos sociais como a pobreza e a exclusão social. Assumindo diversas formas, tais como a exploração sexual, a exploração laboral, o tráfico de órgãos, a mendicidade, as adoções ilegais e o trabalho doméstico ilegal, esta realidade tem repercussões dramáticas do ponto de vista físico, psicológico, emocional e social. À semelhança do contexto mundial, a prática deste tipo de crime tem-se intensificado em Portugal, com a persistência do cenário de crise económico-social, aumento das redes de imigração e de mão-de-obra ilegais.

A Saúde em Português (Associação de Profissionais de Cuidados de Saúde dos Países de Língua Portuguesa, uma Organização Não-Governamental para o Desenvolvimento) no âmbito do projeto Mercadoria Humana 2, lançou o desafio a figuras públicas e ao público em geral para que assumissem no seu dia-a-dia a luta contra o Tráfico de Seres Humanos.

A Saúde Ambiental, juntos contra o Tráfico de Seres Humanos

Os estudantes do curso de licenciatura em Saúde Ambiental da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL) não podiam ficar indiferente e evidenciaram estar juntos contra o Tráfico de Seres Humanos!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *