web analytics

Por estes dias, as professoras Elena Pieckováe e Renáta Lehotská, da Slovenská Zdravotnícka Univerzita v Bratislava (Slovak Medical University), têm estado connosco no âmbito do programa de mobilidade Erasmus+, naquela que é já uma segunda missão de ensino à Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL-IPL).

A Saúde Ambiental e a Slovak Medical University

Da esquerda para a direita, Elena Piecková, Carla Viegas, Vítor Manteigas, Renáta Lehotská e Ana Monteiro.

Para além das apresentações institucionais e de uma sessão dedicada ao Grupo de Investigação em Ambiente e Saúde (GIAS), nomeadamente aos projetos desenvolvidos e em curso, assim como à possibilidade de projetos a desenvolver em comum e à mobilidade de docentes e estudantes, houve ainda espaço e tempo para a lecionação de aulas que versaram temas diversos, tais como: (i) bioaerosols; (ii) mycotoxicosis; (iii) masked and modified mycotoxins; e (iv) fungi and disinfectants.

Recordamos que a Slovak Medical University é uma instituição de ensino superior que desde 2015 tem recebido estudantes do curso de licenciatura em Saúde Ambiental da ESTeSL-IPL, integrados em projetos de investigação e com muito trabalho diferenciado e de mérito, reconhecido pela instituição de acolhimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *