web analytics

Irá ter lugar no próximo dia 3 de abril de 2019, no Auditório Carlos Ribeiro – LNEG – Polo de Alfragide, o workshop “Prevenção e Controlo de Legionella nos Sistemas de Água“, promovida pelo Comissão Setorial para a Água (CS/04) e pelo Instituto Português da Qualidade (IPQ), dando continuidade a eventos anteriores da mesma génese.

Comissão Setorial para a Água (CS/04)

O workshop “Prevenção e Controlo de Legionella nos Sistemas de Água” tem como destinatários os profissionais de Ambiente e Saúde Pública, Autarcas, técnicos de unidades hoteleiras, termais, piscinas e spa´s, técnicos de Administração Pública Central e Regional, entidades e empresas ligadas ao uso da água, docentes, investigadores e estudantes, sendo que será de particular interesse para os técnicos de Saúde Ambiental, assim como para os estudantes dos cursos de licenciatura em Saúde Ambiental das diferentes instituições de ensino superior.

A participação no evento é gratuita, mas limitada à capacidade da sala e de inscrição obrigatória (até 29 de março).

A Legionella é uma bactéria comum que pode ser encontrada, em número reduzido, em ecossistemas aquáticos como rios, lagos ou reservatórios. Quando inalada pelo Homem, pode causar a chamada doença do legionário – uma forma pouco comum de pneumonia, que pode ter graves consequências, em termos de Saúde Pública. As áreas de maior risco de infeção são aquelas onde se podem formar os aerossóis, como chuveiros e torneiras, termas, fontes, repuxos, banhos turcos e saunas, humidificadores, sistemas de ar condicionado e refrigerado (torres de refrigeração e condensadores de vapor), mesmo se situados em telhados ou no solo. Os estabelecimentos públicos, nos quais se incluem unidades hoteleiras, termais, espaços comerciais, hospitais, piscinas, etc., mais do que os privados, devem ter um programa de controlo efetivo do crescimento da Legionella, para que o risco da doença seja minimizado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *