Saúde Ambiental... ESTeSL

Saúde Ambiental. Salud Ambiental. Environmental Health. Santé Environnementale.
Blogue da Área Científica e do Curso de Saúde Ambiental da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL)
Todas as opiniões aqui expressas são da exclusiva responsabilidade dos seus autores.

4 Comentários

Anonymous MonsterID Icon Anonymous Disse,
December 22nd, 2008 @15:32  

Caro Manteigas, não é possível aceder ao diploma do “Ante-projecto de Decreto-Lei que estabelece a organização dos serviços e funções de natureza operativa de saúde pública, a nível regional e local”.
Será que é possível enviares o endereço electrónico?

Cumprimentos

Rui clemêncio

Manteigas MonsterID Icon Manteigas Disse,
December 22nd, 2008 @15:42  

“Too many connections” é a mensagem que aparece quando se tenta aceder ao “ante-projecto de Decreto-Lei que estabelece a organização dos serviços e funções de natureza operativa de saúde pública, a nível regional e local”.
Julgamos que esta situação se deve ao facto de haver muitas tentativas de acesso ao documento, quando a “largura de banda” é limitada. Se o problema persistir, e considerando já serem muitos os colegas a solicitar que o disponibilizemos, arranjaremos outra forma de o divulgar.

Manteigas MonsterID Icon Manteigas Disse,
December 22nd, 2008 @18:40  

Depois de resolvido o problema de acesso ao documento e após a chamada de atenção, por parte de um colega, para o facto do diploma agora divulgado ser igual ao que a FNAM tem disponível no seu site desde Setembro e àquele que nós já aqui havia publicado no post Autoridades de Saúde e Serviços de Saúde Pública: anteprojecto de decretos-lei, no mesmo mês, sublinho, mais uma vez, a necessidade imperiosa de se ler a proposta e opinar sobre ela. Só isto, ainda que de forma involuntária, acaba por justificar a “duplicação de informação”.

Cátia Santos MonsterID Icon Cátia Santos Disse,
January 22nd, 2009 @14:58  

Olá colega. Concordo em pleno contigo, no que respeita ao assunto da “delegação de competências”…mas o que podemos nós TSA fazer para garantir que aquando da execução dos ditos actos, cometidos pelas AS, serão igualmente atribuídas as tais compensações pecuniárias? Será necessária a existência de uma Ordem de TSA para esta luta? Por quanto mais tempo devemos nós ficar pacificamente à espera de sermos reconhecidos pelos actos que nos são solicitados?
Um Abraço

Posts Relacionados

Por favor, deixe o seu comentário...

Atenção! Todos os comentários serão moderados