web analytics

No âmbito do Encontro Nacional de Saúde Ambiental, que resultou de uma organização conjunta do Sindicato das Ciências e Tecnologias da Saúde (SCTS) e da Associação Nacional de Saúde Ambiental (ANSA), muito se falou da ANSA, do associativismo e da mobilização (ou falta dela) dos seus associados.

Se é verdade que as organizações só fazem sentido garantindo o real empenho daqueles que as dirigem, no caso das organizações profissionais o envolvimento também dos seus associados, profissionais ou estudantes, é mais que uma obrigação, uma necessidade.

Nesse sentido a ANSA está a presentear os potenciais sócios, com a oferta de jóia e um ano de quotas para propostas de admissão recebidas até 25 de Dezembro de 2011, à laia de presente de Natal, dizemos nós.

Os eventuais interessados devem descarregar a proposta de admissão, preenchê-la devidamente e encaminhá-la para a ANSA com os documentos necessários.

Entretanto, mais que angariar sócios, importa mobilizá-los para causas que se querem comuns. Naquilo que a nós diz respeito, cá estaremos para ajudar.

3 thoughts on “A ANSA, o associativismo e a mobilização dos sócios”
  1. Tal como a colega Sofia Antunes disse, estou confusa, se existe oferta de incrição até 25 de Dezembro de 2011, porquê que aparece pagamento em cheque à ordem de ANSA (15 euros + 35 euros de jóia)???
    Qual é a oferta??? Não percebi!

  2. Estou completamente de acordo, já não actualizam a informação desde 2008…são 3 anos!
    Mas penso que a melhor informação que encontrei foi para a admissão de sócios, no inicio da proposta diz o seguinte “Oferta de jóia e 1 ano de quotas para propostas de admissão recebidas até 25 de Dezembro de 2011.”, no entanto, quando consultei a documentação necessário dizia “Profissionais – Cheque no valor de € 50* à ordem de ANSA [€ 15 + € 35 (jóia + um ano de quotas)]”. Afinal, é oferta ou venda?!? Alguém que já tenha entregue a proposta pode-me esclarecer relativamente a isto?

  3. Para ser sincera já tinha ido ao site, para me informar acerca do que seria necessário para ser sócia. Mas depois deparei-me com um site muito desactualizado, e perguntei-me se realmente valeria a pena ser sócia de uma associação que nem informação actualizada e de interesse consegue transmitir aos Técnicos de Saúde Ambiental. Espero que com esta iniciativa tenha mudado alguma coisa também neste aspecto. Percebo que o trabalho da ANSA irá muito para além disto, mas a 1ª impressão é a que fica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *