web analytics
Este é um post “educativo”, na medida em que vos irei dar algumas dicas de como utilizar o Saúde Ambiental…, tirando proveito de (quase) todas as suas potencialidades, no que diz respeito à pesquisa de informação.
É frequente os cibernautas chegarem até aqui, fazendo pesquisas na internet, recorrendo a motores de busca, sejam eles o Sapo, o GooglePortugal (incluindo o GoogleBrasil e o Google, o original) e o Yahoo!Brasil, entre tantos outros.
Regra geral, um função do que procuram, acabam por entrar pela “porta principal” ou então, são direccionados de imediato para um post específico – que muitas vezes não dispõe da informação que realmente procuram -, em função dos termos utilizados na pesquisa que efectuaram. Regra geral, para aqueles que aqui chegam dessa forma e que ainda não são utilizadores frequentes do Saúde Ambiental…, a sua visita esgota-se aí, muitas vezes sem sequer encontrarem o que realmente procuram e sem tirar proveito de todas as potencialidades que o blogue oferece em relação à informação de que já dispõe.

ALGUMAS DICAS
No fim de cada post há um descritor, ou uma lista de descritores, que não são mais do que palavras-chave atribuídas àquela mesma mensagem e que é comum a todas as mensagens que abordam o mesmo tipo de assunto. Clicando aí, aparecer-vos-ão todas as mensagens anteriores às quais foram atribuídas o mesmo descritor. Por exemplo, a todas as mensagens relaccionadas com a ASAE, atribuí o descritor ASAE (cliquem na hiperligação para experimentar).

Outra forma de procurar informação no e do Saúde Ambiental… é fazendo uso do script de pesquisa que se encontra na coluna do lado direito. Ali poderão utilizar termos, ou palavras chave, que queiram procuram na informação disponibilizada no blogue (ou em toda a internet). A título de exemplo, meramente a título de exemplo, vamos imaginar que queriam procurar informação que relacionasse “tsa” e “drogas”…

… bastava utilizar esses termos, seleccionar onde queriam procurar (Web ou Saúde Ambiental) e clicar em “Pesquisar“… vá… voltem umas palavrinhas atrás na leitura e cliquem em “Pesquisar”. Viram!!… É simples e por vezes pode, de facto, levar-nos àquela informação que procuramos e que, apesar de estar disponível, dificilmente conseguimos encontrar.

Boas leituras e boas pesquisas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *