web analytics

Para que nunca nos esqueçamos…

Sebastião Gomes havia sido assasinado durante uma vigília, junto à igreja de Motael, pelas tropas indonésias nos últimos dias de Outubro de 1991.

Após a celebração da missa de décimo quinto dia por intenção de Sebastião Gomes, a 12 de Novembro de 1991, muitos estudantes dirigiram-se até à sua campa no cemitério de Santa Cruz, em Díli.

Estava dado o pretexto para que as tropas indonésias descarregassem a sua fúria assassina sobre os timorenses e do qual resultaram 271 mortos, 103 feridos e hospitalizados e 270 desaparecidos.

Mais informações aqui, aqui, aqui e aqui.

——————————
Fotografia recolhida em East Timor and Indonesia Action Network.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *