web analytics

Foi ontem comemorado, um pouco por todo o mundo, o Dia Mundial da Saúde Ambiental. Tal como vem sendo hábito, a Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL), pelas mãos do curso de licenciatura em Saúde Ambiental, em perfeita sintonia com o Programa Eco-Escolas, promoveu algumas atividades que envolveram toda a comunidade académica num propósito comum. Desenvolveram-se ações de educação ambiental (reflorestação dos espaços verdes); segurança contra incêndios – utilização de equipamentos de 1.ª intervenção (workshop com componente teórica e prática); e qualidade do ar interior (realização de avaliações ambientais em vários espaços da ESTeSL, nomeadamente, refeitório, cafeteria e biblioteca). Destas, destacamos a atividade de reflorestação, em que toda a comunidade participou ou foi representada. Falamos da Presidência e alguns dos órgãos de governo da ESTeSL (Conselho de Representantes, Conselho Técnico-Científico e Conselho Pedagógico), AEESTeSL, Serviços, Departamentos, Licenciaturas e claro a de Saúde Ambiental, tendo havido lugar à plantação de uma árvore, para além de outras plantas, por cada um destes.

No Dia Mundial da Saúde Ambiental, a ESTeSL ficou mais verde.

Para que esta atividade fosse uma realidade, muito contribuiu a Dr.ª Maria João Frias, membro do Conselho Eco-Escolas da ESTeSL em representação da Câmara Municipal de Lisboa (CML), e o Dr. Veríssimo Pires, chefe da Divisão de Sensibilização e Educação Sanitária e Ambiental da CML, que gentilmente nos cederam as plantas, assim como as engenheiras Mafalda Gonçalves e Isabel Santos, e restante equipa, da Hosiplante, empresa que garante a manutenção dos espaços verdes da ESTeSL. A todos, sem exceção, muito obrigado pela participação e com o desejo de tenham muita Saúde Ambiental.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *