web analytics

Mais Educativa

Foi na edição de março de 2014 da revista Mais Educativa, sob o mote “Liga-te à Terra!”, que a Saúde Ambiental da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL) deu que falar.

Nas páginas centrais, na rúbrica Dá que Falar, sobre um fundo verde “Saúde Ambiental”, a estudante Rafaela Marques, estudante de 4.º ano do curso de licenciatura em Saúde Ambiental da ESTeSL, “leva-te ao interior da mente de uma verdadeira jovem ambientalista”.

É ali que ela aborda algumas questões que passam pelas aprendizagens num curso superior na área ambiental, onde a Saúde Ambiental tem, invariavelmente, um papel relevante. Alude ainda a iniciativas e hábitos de cariz ambiental que os jovens podem desenvolver e alguns programas de voluntariado indicados para que os jovens adolescentes possam contribuir para a causa ambiental.

A minha experiência pessoal tem passado também por desenvolver atividades no âmbito do Programa Eco-Escolas, associado à sua implementação na instituição de ensino que frequento, a Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa [Eco-Escola ESTeSL]. Esta é uma experiência que recomendo, porque devemos ser nós os principais agentes de mudança ao nível dos comportamentos ditos “amigos do ambiente”, e nada melhor que dar o exemplo, contribuindo para que a nossa/vossa própria escola seja uma referência a este nível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *